DEA Sensor Fusion (DSF) é uma tecnologia de processamento de sinais usada nos sistemas de deteção de intrusos de última geração de DEA. Sua peculiaridade é que combina, num só detetor, dois tipos diferentes de elementos sensíveis: um transdutor Piezoelétrico e um acelerómetro MEMS.

Os dados adquiridos das duas fontes de sinal são analisados por meio de algoritmos de inteligência adaptativa: estes algoritmos integram esta informação, tomam decisões em tempo real com base no conhecimento implementado no firmware e em função da perceção do ambiente.

DSF vai mais além dos limites destas tecnologias únicas e, combinando os seus benefícios chave, alcança um nível inigualável de confiabilidade.

Graças ao DSF, a nova geração de detetores DEA é capaz de adaptar-se a uma maior variedade de estruturas, materiais e condições de funcionamento, mantendo sempre o máximo rendimento. E tudo isso sem atividades de calibração complexas e aborrecidas: na maioria dos casos será suficiente, durante a primeira configuração do sistema, selecionar o tipo de estrutura a proteger.